RUGAS / PREENCHIMENTO

A Toxina Botulínica, mais conhecida como Botox™, é utilizado por pessoas que querem evitar e atenuar os sinais da idade, como rugas e flacidez. Mas, além de ajudar em questões estéticas, a substância também é usada hoje para melhorar problemas de saúde bucal.

Pela facilidade do seu uso e manipulação, e sua incrível segurança, a cada dia conseguimos melhores resultados  com Botox™ e com o preenchimento com ácido hialurônico.

As toxinas botulínicas (a mais usada é a do tipo A) aderem aos terminais nervosos. Quando isso acontece, a acetilcolina que é o neurotransmissor responsável por desencadear contrações dos músculos, não pode ser liberada, ou seja, impedem que o músculo se contraia.

O cirurgião dentista possui amplo conhecimento sobre as estruturas da face, linhas de expressão e da cavidade oral e deve ser o principal responsável por este procedimento. No entanto é necessário que possua um treinamento específico e conhecimento sobre a utilização do botox, para trabalhar com segurança.

O procedimento é seguro e não há nenhum comprometimento motor da boca. É um tratamento simples, eficiente, feito em sessão única, com alto grau de satisfação. Na SB Odontologia Especializada, você pode contar com profissionais capacitados, treinados e certificados conforme resolução do Conselho Federal de Odontologia.

O uso em estética facial traz resultados incríveis, e para quem busca um sorriso perfeito, o botox também pode ajudar. Pacientes que ao sorrirem mostram a gengiva em excesso – chamado sorriso gengival – podem utilizar a técnica em alguns casos com alto grau de sucesso.

No uso terapêutico, a toxina botulínica ajuda tanto os pacientes que rangem quanto os que apertam os dentes. A substância é aplicada de cada lado da face, nos principais músculos da mastigação para fazê-los perderem a força excessiva e o estímulo para o bruxismo. O tratamento também vem sendo usado para casos de disfunção de ATM e dor orofacial.

O botox pode ser administrado com bons resultados:

• Estética facial;
• DTM – Dores e disfunções na articulação temporo-mandibular (articulação próxima ao ouvido);
• Apertamento Dental (parafunção) – ocorre durante o dia;
• Bruxismo – quando se range os dentes durante o sono, involuntariamente;
• Sorriso gengival – quando a gengiva aparece em excesso no sorriso e o torna antiestético;
• Dores de cabeça de origem odontológica;
• Na reabilitação com implantes – principalmente em carga imediata e/ou precoce;
• Tratamentos ortodônticos;
• Hiperatividade muscular;
• Dores na região de pescoço e cervical.