GENGIVITE E PERIODONTITE

gengivite-interna

A Gengivite e a Periodontite afetam milhões de brasileiros, e são caracterizadas pelo sangramento gengival, acúmulo de placa nos dentes, mau hálito e consequente perda óssea.

A Gengivite é a inflamação da gengiva por placa ou tártaro dental, entre outros fatores. A gengiva fica avermelhada e sangra com facilidade. Neste momento você já deve procurar ajuda profissional, afim de eliminar os fatores e buscar a cura.

Para evitar a doença, tudo deve começar com a correta higiene da boca, para eliminar a placa bacteriana. Esta placa, se não removida, pode se mineralizar, formando o tártaro ou  cálculo gengival. A placa e o tártaro deslocam, infiltram e inflamam a gengiva e causando destruição das fibras que prendem o dente ao osso. Se essa alteração não for tratada, a estrutura óssea que sustenta o dente poderá se comprometer e, a longo prazo, poderá ocorrer a perda óssea e consequente perda do elemento dental. Essa doença, a periodontite, uma vez instalada não melhora sem o correto tratamento.

A Periodontite promove a destruição de todos os tecidos circunvizinhos aos dentes (gengiva, fibras e osso), apresenta odor fétido e contém enorme presença de microorganismos. Alguns destes podem ser disseminados para outros órgãos, como coração, pulmão e rins, podendo levar o paciente a quadros de infeções graves, como endocardite bacteriana e pielonefrite. Além da perda dos dente, que compromete a mastigação, oclusão e estética, vem acompanhada de severa reabsorção óssea local, deformando a região, e diminuindo as reservas de cálcio do nosso organismo.

No dia-a-dia, além da higiene correta, é necessário ficar atento à alimentação também. “A falta de alguns minerais e vitaminas, principalmente cálcio e vitamina D e C, são vitais para manter a saúde dos ossos. Também deve-se evitar ingestão de bebidas alcoólicas, refrigerantes e evitar o fumo, que são fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença periodontal. A visita periódica ao dentista e uma profilaxia para remoção de placa e tártaro a cada 6 meses é a maneira mais segura e eficaz contra as doenças periodontais. Caso a doença já estiver presente, é indicado uma consulta com periodontista, o qual é o especialista que irá propor o tratamento mais indicado.” afirma Dr. Sergio Barbosa, periodontista da SB Odontologia.

A doença periodontal

gengivite-esquema